• Contato Galo

Final do Candangão Feminino - 2019.

Por Eduardo Ronque

Com três títulos consecutivos e com anos de luta em prol do futebol feminino do Distrito Federal, o Minas Icesp Brasília entrou em campo em jogo histórico com transmissão de TV aberta, no estádio Abadião, porém nossas guerreiras foram superadas por 2 a 0.


O Jogo


As Minas entraram em campo mostrando a força ofensiva e entrosamento e aos dois minutos em uma bela cobrança de falta de Camila Pini, levando a torcida ao delírio na arquibancada. Logo, o Minas começou a mostrar o porque é o atual campeão. Aos 28’, Marcella Hulk bateu falta que passou próximo ao travessão. Aos 31 por pouco nossas guerreiras não abre o placar, Bárbara ajeitou para Marcela Hulk dentro da área sem marcação chutar por cima do gol.


As Minas entraram no segundo tempo explorando bastante a velocidade de Suzana e Barbara. No primeiro minuto, Suzana fez linda jogada individual pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro sobrando para Robinha que soltou uma bomba.


Aos 12′, a lateral direita Jéssica soltou uma bomba de muito longe da área que acertou o travessão. E só dava Minas que pressionou mas não conseguiu abrir o placar. Robinha carregou bola do meio campo até a grande área, cruzou e a goleira subiu para tirar.


Contudo, aos 19’, em uma distração da nossa defesa o Real conseguiu a placar e aos 25’, em pênalti duvidoso, o Real chegou ao segundo gol. Mesmo com todos os esforços das nossas guerreiras e com as mudanças táticas realizadas pelo técnico Singo nosso time não conseguiu mudar o placar, sagrando-se vice-campeãs do Campeonato Candango de futebol feminino 2019.



Eduardo Ronque/Haland Guilarde

ASCOM MINAS ICESP


Foto: David Pena Fotografia @davidpenafotografia



© 2019 Minas Brasília Futebol Feminino - Desenvolvido por Agência GALO DC