• Contato Galo

Novidades marcam volta do Minas Icesp ao Brasileirão Feminino

Além da chegada da goleira Raissa, algumas saídas foram confirmadas e a realização do Brasileirão Sub-18 com o Minas Icesp sendo time-sede do Grupo D


Por João Marcelo

Depois da parada para a Copa do Mundo Feminina, o Minas Icesp está a todo vapor para a volta do Brasileirão. Treinamentos, chegadas e saídas fizeram parte da rotina “sem jogos” do clube brasiliense nesse período. Mas a espera para ver as atletas em campo tem seus dias contados. Em pouco menos de uma semana, a equipe reestreia na competição com um objetivo definido: se afastar da temida zona de rebaixamento. Para isso, o time espera o estádio Maria Abadia, em Ceilândia, lotado para a retomada do campeonato.


A intertemporada não começou da forma esperada pela diretoria do clube. A derrota por 1 a 0 para a Ferroviária-SP na última rodada antes da parada, fez a equipe brasiliense morar na zona de descenso nesses quase dois meses sem bola rolando. Porém, não é nada tão assustador, o Minas ocupa a 13ª posição, a primeira na zona com sete pontos, e o Vitória-PE, 12º e primeiro fora da zona, tem oito pontos. A campanha de duas vitórias, um empate e seis derrotas, não é a ideal, mas com grandes chances de ser recuperada.


E para isso, o Minas Icesp já tem um adversário direto na volta da competição. O time candango enfrentará a Ponte Preta-SP na próxima quarta-feira (10) às 15:00 no estádio Maria Abadia, em Ceilândia. A equipe paulista está em 14º lugar, uma posição abaixo das “minas”, e com dois pontos a menos. A vitória, além dos três pontos, se torna mais importante por ter a chance de se distanciar dos últimos colocados e assim, ganhar confiança para as partidas restantes.


Tem chegada e saídas no Distrito Federal


E para renovar o elenco, a diretoria confirmou a contratação da goleira Raissa. A arqueira de 28 ano estava atuando em Israel, no Hapoel Be´er Sheva e foi o segundo time no país, antes, havia atuado pelo Kiryat Gat. Apesar de ser mineira de Belo Horizonte, o futebol do Distrito Federal não é novidade. Em 2013, a jogadora fez parte da ASCOOP-DF e disputou o Campeonato Brasiliense Feminino. Agora, no Minas Icesp, a jogadora terá a chance de jogar a primeira divisão representando a capital federal.


Se tem chegada, também tem saídas. O Minas Icesp não conta mais com a goleira Deca e as volantes Tauana e Aninha. A arqueira fez três partidas – contra Audax-SP, Internacional-RS e Vitória-BA – com a camisa azul e verde no Brasileirão, enquanto as volantes não tiveram chance de entrar em campo. Durante a pausa, as atletas mantiveram seus treinos de forma gradativa, um pequeno recesso no início, passando por treinos leves e eficazes nessa reta final de intertemporada.


Foto: David Pena


Fonte: distritodoesporte.com > Clique Aqui e veja a matéria completa.

© 2019 Minas Brasília Futebol Feminino - Desenvolvido por Agência GALO DC